Footer Social Media

Começou nesta terça-feira (03), a oitava edição da Campus Party Brasil. Com a expectativa de reunir 100 mil visitantes e 8 mil campuseiros em seis dias, o maior evento de internet do mundo ganhou algumas estreias em relação às edições anteriores. A primeira delas é a “adequação” a um tema. 

Em homenagem aos 150 anos da publicação do livro de Julio Verne, “Da Terra à Lua”, a Campus Party 2015 dividiu seus palcos em planetas – Terra, Jupiter, Marte e Urano, por exemplo, são cenários para algumas das principais palestras desta edição. Entre elas a do neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis e Chris Anderson, ex-editor da revista Wired e CEO da 3D Robotics. 

Outra novidade é a área  destinada às universidades, batizada de Campus Future. Ali, estudantes de graduação e mestrado revelam projetos inovadores ao público. É também a primeira vez que a Campus Party organiza workshops “faça você mesmo”. Por meio deles, participantes terão aulas de como montar drones e robôs, imprimir criações em impressoras 3D e levar o material para casa.

Como nas edições anteriores, a velocidade da internet é em si uma das principais atrações. Cabos entregam 50 gigas por segundo (Gbps), disponíveis em tecnologia 3G e 4G. O suficiente, como lembram alguns participantes, para baixar todas as dez temporadas de suas séries favoritas.

Uma comunidade mundial de campuseiros

Durante coletiva, Paco Ragageles, presidente e co-fundador da Campus Party, falou sobre o papel dos campuseiros em uma ‘revolução digital’ e a intenção de reuni-los em uma única plataforma. 

A mesma edição marca a inauguração da plataforma virtual que pretende aproximar os 350 mil campuseiros ao redor do mundo e impulsionar novas ideias e, consequentemente, gerar inovações. Por meio da campuse.ro,  usuários poderão publicar seus projetos e ter um canal para conseguir parcerias e investimentos. A expectativa é criar uma rede colaborativa onde o projeto de um campuseiro no Brasil possa ser muito bem desenvolvido por outro usuário na Espanha e vice-versa.

Vai faltar água?

Segundo a organização, o fornecimento de água não será um problema para os banhos dos 8 mil acampados no Centro de Exposições Imigrantes. O evento conta com cisterna independente que o abastece. Da mesma forma, geradores independentes assegurarão 9MW de energia elétrica – o suficiente para abastecer uma cidade com 30 mil habitantes.

A Campus Party abre oficialmente hoje, com cerimônia de recepção prevista para às 19h. Às 21 horas, Ime Archibong, diretor de Parcerias Estratégicas no Facebook, fará conferência de abertura. A partir de amanhã, 4, o evento é aberto ao público e segue com programação até o dia 8 de fevereiro. 

*IDGNow! é marca registrada da IDG (International Data Group), licenciada exclusiva no Brasil pela DigitalNetwork!Brasileiros, divisão de mídia digital da Brasileiros Editora​

Post a Comment