Footer Social Media

Um dia desses estava zapeando pelo Facebook, quando me deparei com uma frase simplesmente incrível. Olha que eu não sou das pessoas mais interessadas em compartilhar essas pérolas, mas essa era tão perfeita, que me chamou a atenção: "todo mundo tem dó da mãe, mas ninguém ajuda a lavar a louça!".

Não pude deixar de rir, e de pensar que ela traduz a realidade da maioria das mães que conheço. Se você se identificou, provavelmente não é mera coincidência!

E antes de qualquer coisa, tenho que dizer que eu também já estive do outro lado: de quem adora a mãe, mas deixa que ela faça quase tudo sozinha. Sim, eu já fui filha adolescente, daquelas que até lavam a louça, mas com uma boa vontade...

Conforme o tempo foi passando e, principalmente, depois que minha filha nasceu, eu percebi que minha mãe era uma heroína - daquelas anônimas, como milhões de outras, que cuidam de cada tarefa da casa, dos filhos, do marido... Em geral sem pedir nada em troca - nem uma pequena ajuda, que nessa rotina pesada seria muito bem-vinda.

Hoje eu sinto na pele exatamente isso, e por vezes me sinto forte, por saber que consigo dar conta de tantas coisas de forma autônoma. Mas isso não cansa? É claro que cansa, e muito!

Nas horas em que o cansaço bate, você se pergunta: "mas será que não aparece ninguém para ajudar?". E talvez você não concorde comigo, mas a cada dia que passa eu me convenço mais da seguinte resposta: as pessoas só farão isso quando você pedir.

Eu sei o que você deve estar pensando: que é só parar para observar, para notar que você está sobrecarregada! Eu sei, eu também pensava assim! Eu odiava falar o que era tão óbvio para mim, até descobrir que para os outros não era - simplesmente porque eu nunca tinha dito nada a respeito. E a partir do momento que passei a me manifestar, não é que as coisas melhoraram? 

Imagino que existam muitas mães que realmente não tenham a opção de pedir; mas para quem tem, acredito que essa seja a única saída.

Da próxima vez em que você perceber que está cuidando de 99% do trabalho relacionado à família, que tal deixar de lado o título de supermulher e dizer com todas as letras que não dará conta de tudo se não tiver alguém para dividir essas responsabilidades? Talvez você se surpreenda muito (e positivamente!) com o que irá acontecer!

Post a Comment