Footer Social Media

É impressionante a quantidade de jovens das mais variadas denominações,  que encontram-se ávidos pela teologia reformada. Isso claramente se percebe pelo interesse desenvolvido não somente pelas obras dos reformadores,  como também por escritores e pregadores tanto do presente como do passado. 


Diante fatos inegáveis e inquestionáveis, surge a pegunta: Por que parte da juventude brasileira encontram-se interessada na teologia reformada? Ora, não quero ser simplista em minhas respostas, mas, penso que dentre alguns fatores, pelo menos três podem ser destacados, senão vejamos: 


1-) A pregação expositiva.  Por onde tenho andado tenho visto muitos jovens dizendo que a forma dos pregadores reformados proclamarem verdades das Escrituras os tem atraído. A simples pregação da Palavra de Deus, expondo, explicando e aplicando o texto sem malabarismos, segundo eles, foi o fator preponderante em sua decisão em abraçar a fé reformada.


2-) A ênfase num ensino bíblico em detrimento ao evangelho superficial do nosso tempo. Posso afirmar sem a menor sombra de dúvidas que um dos fatores que tem atraído os jovens à fé reformada é a descoberta de uma igreja fundamentada num ensino bíblico, cujo conteúdo é a antítese da superficialidade proveniente de um evangelho antropocêntrico, ensimesmado e utilitário.


3-) Profundidade teológica.  Muitos jovens cansaram de uma fé idiotizada, fundamentada no entretenimento. Em virtude disso, moças e rapazes, tem procurado na fé reformada uma boa teologia que os ajude a desenvolver uma cosmovisão bíblica e que redunde obviamente numa vida que glorifique a Deus.


Pense nisso!
Texto: Daniel Luiz Whisnidy 

Post a Comment