Footer Social Media

EXISTE O LIVRE ÁRBITRIO?

(O ser humano foi criado com o livre árbítrio?)

Uma análise da criação de Deus nos primeiros capítulos de Gênesis nos mostra claramente que Deus dotou o ser humano dessa possibilidade de decidir livremente e de forma isenta fazer o bem ou o mal.

Como soberano, Deus ordenou ao ser humano que usasse essa sua capacidade de exercer livremente a sua decisão para fazer a melhor escolha: “E o SENHOR Deus lhe deu esta ordem: De toda árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás” (Gênesis 2:16-17). 

Como o pecado não estava presente, o homem tinha plena liberdade de obedecer a ordem de Deus ou desobedecê-la (como o fez). Isso configura a existência do livre-arbítrio dado por Deus ao ser humano.

O ser humano perdeu o livre-arbítrio!

Após a entrada do pecado no mundo, percebemos claramente que a penalidade imposta por Deus em caso de desobediência passa a vigorar. O homem tem diversas perdas, passando a morrer fisicamente e a também estar morto espiritualmente. Essa condição é clara, o homem passa a ser pecador e a não mais ter poder pleno de exercer o seu livre-arbítrio, já que sua natureza agora pende e é inclinada para todo tipo de pecado e maldade. A sequência do livro de Gênesis a partir do capítulo três nos mostra claramente a maldade dominando o ser humano, vemos homicídios acontecendo e pecados de todos tipos sendo praticados.

Mesmo sendo restaurados por Deus, o homem não recupera seu livre-arbítrio. 

Quer dizer que não podemos mais fazer escolhas livres?

Existem escolhas cotidianas que não tem a ver diretamente com a nossa natureza humana pecaminosa. Qual sapato vou colocar. Que horas vou colocar o despertador para tocar. Vou colocar uma camisa verde ou vermelha. Esse tipo de escolha nós fazemos livremente, é o que a teologia chama de livre agência. As escolhas que estão inclusas no livre-arbítrio são as escolhas relacionadas a exercer plenamente e livremente o bem e a ter a capacidade de se aproximar de Deus por nós mesmos.

Então agora você tem a opção é continuar morto espiritualmente (pois a morte física já é uma certeza), ou confessar seus pecados a Deus e ter a chance de voltar pra casa, pois Cristo já fez esta ponte por nós. Deus nos deu uma segunda chance, mas Ele assim como respeitou a escolha de Adão e Eva em não querer o governo Dele, Ele respeitará a sua escolha também diante do governo que você escolher. O importante é você estar ciente de tudo isso.

Post a Comment